Inflação medida pelo IGP-10 sobe 1,79% em janeiro, aponta FGV

Inflação medida pelo IGP-10 sobe 1,79% em janeiro, aponta FGV
11/02/2022 No Comments Sem categoria JA

Os preços para compor o indicador são coletados entre os dias 11 do mês anterior e 10 do mês de referência, servindo de base para o reajuste de tarifas públicas e contratos antigos de aluguel e planos de saúde. «As acelerações observadas nos preços do minério de ferro, que passaram de -19,28% em dezembro para 24,56% em janeiro, e da soja, indo de -3,41% para 2,92%, itens de maior peso no índice ao produtor, orientaram o avanço da taxa do IPA , com maior influência sobre o IGP-10. Já a inflação ao consumidor e na construção civil apresentou desaceleração em razão da queda do preço da gasolina, que foi de 5,50% para -1,51%, e dos preços de vergalhões e arames de aço, que passaram de -0,40% para -1,61%».

Preços ao consumidor

De acordo com o FGV Ibre, o Índice de Preços ao Consumidor subiu 0,40% em janeiro, desacelerando em relação ao aumento de 1,08% de dezembro. Entre as oito classes de despesa componentes do índice, cinco tiveram queda nas taxas.

INCC

O último componente do IGP-10, o Índice Nacional de Custo da Construção variou 0,50% em janeiro, após a alta de 0,54% em dezembro.

Please follow and like us:
0
20
Pin Share20
About The Author
JA
INSTAGRAM
FACEBOOK
LINKEDIN